Cofres digitais são seguros ? descubra agora o porque ter um na sua casa ou empresa

O cofre digital possibilita o máximo de proteção para todos os tipos de pertences. O usuário poderá ficar despreocupado para poder guardar os seus objetos de valor em um cofre moderno, que possui diversos tamanhos para que possam agradar até os clientes mais exigentes. Como todo cofre, o digital também é resistente, sendo fabricado para conseguir superar todos os tipos de adversidades, como até mesmo resistir ao fogo e a água.

Num caso de incêndio ou enchente o seu objeto de maior valor estará 100% seguro. O cofre digital também possui ótimas condições internas, mantendo sempre os objetos inseridos em temperatura ambiente. Outro diferencial do cofre digital é nas suas dobradiças ocultas, que conseguem resistir fortemente contra arrombamento de portas, por exemplo. O cofre digital também possui um parafuso fixador, que possibilita garantir que o cofre fique preso no chão com segurança.

Como funciona a proteção de um cofre digital

O cofre digital acompanha o que tem de melhor em tecnologia, pois ele possui recursos que tenham como objetivo facilitar a vida dos usuários. Para o uso do cofre digital é necessário o cadastro de uma senha numérica.

O cofre só poderá ser aberto e fechado através da senha numérica cadastrada em sua instalação, onde o usuário que realiza o cadastro da senha deve evitar esquecer a mesma, pois a senha não pode ser alterada com frequência.

Todo cofre digital conta com uma prateleira regulável, que permite que o usuário faça uma adaptação do mesmo dependendo do objeto que irá armazenar. Também conta com chaveiro e estante que facilita a organização de chaves e também de documentos.

Dicas para cadastrar uma senha

A senha é de extrema importância para o cofre digital, pois é por causa dela que o cofre leva esse nome, utilizando apenas a tecnologia em prol da memória humana, torna o seu cofre muito mais seguro e longe de qualquer tipo de artimanhas para a abertura do mesmo.

No momento da aquisição do cofre você já deve começar a pensar nos números de combinação para a abertura do cofre. Assim que o mesmo for instalado e você inserir objetos que devem ser armazenados, você terá que escolher uma combinação, que será solicitada toda vez que for necessário abrir ou fechar o seu cofre digital.

Se o cofre tem como objetivo ser secreto para pessoas desconhecidas, você deve evitar o uso de número simples, ou seja, números repetidos ou crescentes e decrescentes. Quando você utiliza uma combinação óbvia, fica muito mais fácil a abertura do mesmo, por isso o momento do cadastro da combinação você deve ficar bastante alerta. Algumas pessoas optam por escolher números seguidos para facilitar a memória e isso não é bom, pois a finalidade do cofre é que você tenha os seus objetos protegidos para que ninguém consiga descobrir a senha.

Se o seu cofre digital tem como principal objetivo ser totalmente secreto até para pessoas conhecidas ou membros da sua família você deve tomar ainda mais cuidado. Todas as pessoas que circulam pelo ambiente de onde o cofre estará instalado ou que sabem que você possui um cofre, com certeza são pessoas de confiança, pois essas pessoas podem saber muito sobre a sua vida. Pessoas distantes, mas que conseguem acompanhar a sua rotina, conhecendo detalhes do seu dia a dia, também conseguem obter informações que às vezes você nem imagina.

Nesse caso o cuidado deve ser redobrado. Durante a escolha da senha do seu cofre digital, evite inserir entre as combinações a data do seu aniversário. A combinação deve conter entre 4 á 6 dígitos. Evite também inserir datas comemorativas de pessoas próximas, como aniversário da sua esposa, filhos, mãe, pai, irmãos, etc.

Comemorações como data de casamento, namoro, noivado, primeira viagem, formação, etc. Também costumam ser bastante lembrado por pessoas que sempre estão em seu convívio.

Porque você deve fazer uso de vidros blindados na sua obra

maxresdefault

Até alguns anos atrás, as vitrines de lojas e fachadas residenciais eram feitas com vidros de uma grossura maior que das residências comuns. Isso parecia bastar como efetivo de segurança, eram difíceis de quebrar e não perdiam em transparência, apesar da grossura.

 

O tempo passou, e junto com ele houve um aumento na criminalidade, as armas também evoluíram e hoje os assaltantes tem acesso a calibres bem maiores e potentes do que os usados há 20 ou 30 anos.

 

Com todas essas mudanças, a engenharia de segurança acabou tendo que adaptar um armamento bélico para ser usado pela população civil. Estou falando da tecnologia de blindagem, que até bem pouco tempo atrás era usada apenas nos veículos das Forças Armadas que precisam ir para zonas de guerra.

 

Essa tecnologia evoluiu muito nos últimos tempos, e hoje é possível ter um veículo ou um prédio completamente a prova de balas. Em locais de muita exposição, ou prédios que abrigam a visita de pessoas importantes, é primordial fazer uso dos vidros blindados para proteger as pessoas.

 

Se você vai construir uma loja, prédio de apartamentos, ou até mesmo residências em zonas de camada social mais altas, é preciso incluir no projeto a presença de vidros que sejam resistentes ao ataque de projéteis de armas de fogo.

 

Como usar a tecnologia dos vidros blindados a seu favor

 

A primeira coisa que você deve se perguntar, antes de optar por usar blindagem em sua obra, é se há realmente a necessidade dessa proteção. Um dos maiores indicadores para responder bem essa pergunta, está na localização do empreendimento.

 

Claro que os bandidos não olham muito isso na hora de praticarem um assalto, mas se a região for relativamente segura ou não constituir um alvo potencial, talvez seja melhor colocar os vidros blindados apenas na guarita de segurança e nas portas de entrada, no caso de um prédio de apartamentos.

 

Agora, se a obra se referir a um local onde haverá grande aglomeração de pessoas famosas e importantes, ter a tecnologia de blindagem também nos vidros das salas principais, é uma boa maneira de proteger essas pessoas em caso de eventos coletivos.

 

Para os prédios de apartamentos, é bom lembrar que a tecnologia encarecerá bastante o preço final de cada peça. Isso pode ser um empecilho para alavancar as vendas. Mesmo que cada apartamento não possua blindagem, os custos da instalação nas áreas comuns, deverá ser rateado entre todos os moradores, fazendo parte do pagamento do condomínio.

 

Outro fator a ser definido é o nível que será usado para proteção, se a localização constituir um ponto de possíveis assaltos, optar pelas blindagens médias (3 e 3A) pode ser a escolha mais acertada, já que o local ficaria protegido até de projéteis de submetralhadoras.

Consulte um engenheiro de segurança e veja quais indicações ele fará para seu tipo de empreendimento. Em residências térreas é comum usar-se vidros blindados em todas as janelas, do andar inferior e do superior também.

 

Para potencializar a segurança dessa tecnologia, é importante ter instalado um sistema de câmeras de segurança, e fazer uso de portas blindadas nas principais áreas de acesso. Se o prédio possuir uma recepção central, faça uso do vidro blindado para proteger os funcionários que ficarão nesse local.